CURSO APROFUNDAMENTO 2022

EM CULTURA JUDAICO-CRISTÃ, HISTÓRIA E TEOLOGIA










APRESENTAÇÃO




 

O curso é desenvolvido, de um modo especial, para os (as) alunos (as) que já concluíram o curso de extensão em Cultura Judaico-Cristã, História e Teologia, bem como qualquer outro curso no CCDEJ e mesmo para aqueles que não fizeram nenhum curso no CCDEJ. A proposta é aprofundar a relação, a partir dos estudos, entre a tradição judaica e a tradição cristã, com a clara intenção de criar um grupo permanente de estudos bíblicos no espírito da Declaração Nostra Aetate (nº 4) e com todos os seus desdobramentos.

O curso acontecerá alternadamente (quinzenalmente) aos sábados das 9h00 às 11h30m e está organizado da seguinte maneira.

OBS.: A instituição se dá o direito de não colocar em funcionamento o curso, caso não haja o mínimo de vinte (20) alunos efetivamente matriculados.

A SABEORIA DOS SENTIDOS

Ementa: Enquanto a filosofia ocidental privilegia o sentido da visão, a tradição hebraica, diz-se, valoriza antes a escuta: quando os seres humanos estão atentos ao apelo de Deus, eles devem de fato renunciar a vê-Lo e a representá-Lo. No entanto, essa ideia de compartilhar os sentidos entre Atenas e Jerusalém, entre o olhar e a escuta, acaba sendo questionável. Tendo a visão oposta desse lugar comum, talvez seja preciso estudar como se apresenta na Bíblia a necessidade de ver para escutar e de escutar para ver – pois somente essa Voz ressoando no coração do visível o torna perceptível na sua plena verdade. Poderia essa conjugação e convivência entre o olhar e a escuta nos aproximar de uma nova abordagem na tradição hebraica, entre o sensível e o espiritual? O que os sentidos podem de fato nos ajudar numa melhor apreensão da nossa realidade, em perspectiva cristã?

OS SALMOS E O ESTUDO DO HEBRAICO BÍBLICO (Sl 119) – O caminho da lei.

Ementa: Possibilitar um estudo continuado e aprofundado do Hebraico Bíblico, através de uma apresentação simples e progressiva da estrutura da língua hebraica. Procura-se igualmente fornecer noções essenciais para se ler e interpretar os textos sagrados na língua em que foram escritos. Introduzir  o contato com a literatura sapiencial dos Salmos a partir do comentário Tehilim Rabba e de outros textos, favorecendo o estudo em hebraico sobretudo do Salmo 119, o maior dos Salmos, o salmo alfabético que perfaz em suas vinte e duas estrofes, segundo o número das letras do alfabeto hebraico, um louvor incessante da Lei Divina.