NARRATIVA DO CONTO

"ENTRE SANTOS", DE MACHADO DE ASSIS, A PRESENÇA DOS PECADOS DA LUXÚRIA E DA AVAREZA

  • Marco Antonio Palermo Moretto
Palavras-chave: Pecado, Luxúria, Avareza, Santos, Literatura

Resumo

O presente artigo faz uma análise de um importante conto de Machado de Assis intitulado Entre Santos. Nessa história, um padre passa pela frente de sua igreja tarde da noite e percebe que luzes estão acesas. Fica intrigado. Abre o prédio e, ao chegar perto da nave da igreja, nota que alguns santos estão conversando. Fica muito perturbado e com muito medo. Esconde-se em um canto para ouvir o que os santos estão falando. A conversa é sobre duas pessoas que foram à igreja naquele dia: uma mulher adúltera que queria romper a relação com o amante, e um homem avarento que vem pedir pela saúde da esposa, que sofre com uma doença terrível. Os relatos vão revelar a personalidade de cada personagem e apresentam dois pecados capitais: a luxúria e a avareza.

Biografia do Autor

Marco Antonio Palermo Moretto

Doutor em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem, Mestre em Educação, Bacharel em Comunicação Social, Letras, Pedagogia, Filosofia e Teologia. Professor de Literatura no Ensino Médio e Ensino Superior. Escritor com muitos livros publicados. Professor dos Seminários de Pesquisa do ITESP. Dedica-se à pesquisa do diálogo entre as áreas da Literatura e da Teologia.

Publicado
2022-08-26
Como Citar
Moretto, M. A. P. (2022). NARRATIVA DO CONTO. CADERNOS DE SION, 3(1), 12. Recuperado de http://ccdej.org.br/cadernosdesion/index.php/CSION/article/view/47